Vamos impedir que isso aconteça", campanha em andamento

Conforme declarado pelo Portal AgroalimentarioNa quarta-feira, 21 de junho, a Direção Geral de Biossegurança e Segurança Alimentar (DIGEBIA) do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca lançou a campanha de comunicação "Vamos evitar que isso aconteça". Essa iniciativa, apoiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), pede que a população se conscientize dos riscos de trazer para o país produtos de origem animal ou vegetal que não são permitidos. 

Aumento dos controles para evitar danos maiores

No início das palestras, no âmbito da coletiva de imprensa convocada pelo Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP), Andrés Salvogerente da Área de barreiras de saúde foi o primeiro a falar sobre a importância da campanha. Com relação a isso, ele argumentou que "a entrada de uma doença por meio de um animal, planta ou produto pode afetar a saúde da população, o meio ambiente, a produção agrícola nacional e comprometer nossas exportações, gerando prejuízos econômicos e sociais de grande magnitude"..

MGAP img1
Andrés Salvo, gerente da Área de Barreiras Sanitárias (DIGEBIA). Foto: MGAP.

No decorrer deste ano, os controles em mais de 40 pontos de entrada no país apreenderam e destruíram mais de 74.000 quilos de produtos veterinários, carne, laticínios e vegetais.

O DIGEBIA e o MGAP Entre outras coisas, eles buscam informatizar e automatizar o gerenciamento de riscos na fronteira, gerar sinergias com diferentes órgãos estatais e realizar campanhas de comunicação para uruguaios e estrangeiros que entram no país.

Produtos de origem animal e vegetal que não podem entrar no país

No vídeo animado oficial da campanha "Vamos evitar que isso aconteçaSão especificados os produtos e elementos de origem animal ou vegetal cuja entrada no território nacional não é autorizada.


Com base na ordem de menção no tema musical da campanha, os seguintes produtos não podem ser inscritos:

- Carne bovina, de vitela, suína e ovina

- Aves e peixes

- Salsichas

- Frutas, flores, plantas, cogumelos e folhas

- Madeiras, méis, raízes e pólen

- Animais exóticos ou domésticos

- Insetos, abelhas e ácaros

- Agroquímicos e produtos veterinários

- Laticínios: queijo, sorvete, leite, manteiga e iogurtes

- Couros, peles, chifres, galhadas, cascos, ossos e penas

- Ovos

Gerar maior conscientização e uma mudança de mentalidade

O diretor da DIGEBIA, Virginia GuardiaEle enfatizou a importância de aumentar a conscientização entre os cidadãos e estrangeiros sobre a preservação do status sanitário do país.

MGAP img2
Virginia Guardia, diretora da DIGEBIA. Foto: MGAP.

As ações estão sendo coordenadas com organizações que compartilham a visão de preservar a saúde animal e vegetal do país, bem como com aquelas que promovem a educação de jovens.

Guardia acrescentou: "Os controles podem ser reforçados, profissionalizados ou mais rígidos, mas nunca serão suficientes se nós, como sociedade, não entendermos a importância de preservar a saúde dos animais e das plantas"..

O Ministro da Pecuária, Agricultura e Pesca, Fernando Mattos, encerrou a conferência reafirmando a importância da conscientização e da mudança de mentalidade em relação ao manuseio de produtos de risco.

MGAP img3
Fernando Mattos, Ministro da Pecuária, Agricultura e Pesca. Foto: MGAP.

A hierarquia especificou isso, "Um exemplo recente é a Copa do Mundo Sub-20, em que 70.000 uruguaios viajaram para a Argentina, atraídos pelos preços".. Nesse contexto, Fernando Mattos acrescentou: "Portanto, um ato inocente, como receber um presente de um parente que estamos visitando no exterior, seja uma planta, um artesanato ou um presente de um amigo ou membro da família. (...), pode representar um risco e a conscientização de nossos concidadãos, mas também do turista, é fundamental para evitar males maiores"..

Sala de imprensa
Sala de imprensa
Conta de gerenciamento de conteúdo.

Mais artigos do autor

Projeto AGROTIC: tecnologia e desenvolvimento rural em Canelones

Na área fértil do oeste de Canelones, identificada com a produção de frutas e vegetais, um grupo de produtores está trabalhando para...

Queijos que mantêm o intestino saudável

Na busca por uma dieta que promova a saúde intestinal, a escolha entre alimentos naturais e orgânicos é...

ANDE oferece crédito subsidiado para MPMEs agrícolas

Apoio financeiro à agricultura familiar Com o objetivo de fortalecer a agricultura familiar em nosso país, a...

Uruguai sediará o XXVIII Congresso Latino-Americano de Avicultura

Punta del Este, Uruguai. O Congresso Latino-Americano de Avicultura celebrará sua 28ª edição no Uruguai (Ovum...

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Anúncio
Anúncio

Publicações recentes

Projeto AGROTIC: tecnologia e desenvolvimento rural em Canelones

Na área fértil do oeste de Canelones, identificada com a produção de frutas e vegetais, um grupo de produtores está liderando o projeto AGROTIC, uma iniciativa pioneira...

Queijos que mantêm o intestino saudável

Na busca por uma dieta que promova a saúde intestinal, a escolha entre alimentos naturais e processados desempenha um papel crucial. Queijos...

ANDE oferece crédito subsidiado para MPMEs agrícolas

Apoio financeiro para a agricultura familiar Com o objetivo de fortalecer a agricultura familiar em nosso país, o Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP)...

Portal Agroalimentario é uma mídia digital interativa e multiplataforma. É uma iniciativa privada inovadora de cooperação binacional e desenvolvimento tecnológico entre o Canadá e o Uruguai.

Vida rural e natureza

O Chile o convida a descobrir uma experiência popular de agroturismo

A rota do vinho O Chile é conhecido internacionalmente por ser um país produtor de vinhos com variedades de uvas de alta qualidade. A rota do vinho...

Trelew e sua proposta de agroturismo na Patagônia

Trelew é uma cidade localizada na província de Chubut, na Argentina, e é uma das localidades que foram incentivadas a promover a...

Parque da Batata: a joia do agroturismo no Peru

O agroturismo consiste em viagens recreativas para um ambiente rural, ou seja, visitar e conhecer as atividades de fazendas, vilarejos, propriedades rurais etc. ....

Mais populares

Projeto AGROTIC: tecnologia e desenvolvimento rural em Canelones

Na área fértil do oeste de Canelones, identificada com a produção de frutas e vegetais, um grupo de produtores está liderando o projeto AGROTIC, uma iniciativa pioneira...

Agroinfluenciadores: do campo para as redes sociais

Agri-influenciadores Desde 2019 e 2020, a atividade agrícola vem criando um espaço para si mesma no mundo das redes sociais....

Aeronaves não tripuladas, suas diversas variantes e aplicações

Toda história tem um começo e, como toda grande tecnologia, ela tem suas raízes nas grandes potências mundiais. E, geralmente, o emprego militar é...

Seções

© 2024 Portal Agroalimentario - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade | Ideia original e desenvolvimento: NCS-Americas Inc.