Nossa experiência na evolução contínua de uma tecnologia incrível

Começamos esta coluna semanal fazendo referência aos nossos 10 anos de experiência em tecnologia de drones, o que, embora pareça pouco, é altamente valorizado nessa tecnologia.

Nossos primeiros passos para conhecer a tecnologia do drones foram dadas no início de 2012. Com o passar do tempo, isso se tornou parte de nosso perfil profissional e se transformou em uma paixão. O interesse cresceu exponencialmente em linha direta com os avanços que essa tecnologia apresenta e que não param de nos surpreender.

Uma visão para o futuro e as dificuldades do desafio

Devemos admitir que nosso interesse inicial era puramente recreativo. Ficamos encantados com a possibilidade de pilotar um dispositivo com o qual poderíamos filmar, tirar belas fotos e vídeos, cenas que normalmente poderíamos observar de um avião ou helicóptero.

Com o passar do tempo, conheci o engenheiro Guillermo Roldós, um colega meu do curso de tecnólogo em TI, que em 2013 nos ajudou a projetar o que os países de primeiro mundo estavam aplicando na agricultura e na pecuária. Estamos nos referindo à análise de solo, índice NDVI, estresse hídrico, entre outras aplicações. Mas, no contexto da realidade da época, o processo foi muito mais lento do que imaginávamos.

Em 2013, falar sobre drones para a agricultura no Uruguai era uma utopia para a maioria das pessoas. Mesmo assim, nossos vizinhos Argentina, Brasil e Chile já estavam realizando testes de campo em larga escala com bons resultados.

Imaginamos que o uso de drones seria aplicado em uma de nossas principais atividades produtivas, como a pecuária, especialmente para a contagem de animais. Infelizmente, naquela época, estávamos muito longe de realizá-lo, não apenas devido à falta de conhecimento e confiança nessa tecnologia, mas também, como geralmente acontece nessas latitudes, devido aos altos custos associados a ela.

As prioridades mudam e surgem oportunidades

Muitas vezes, não importa o quanto o mercado resista à adição de tecnologias estrangeiras, se elas forem suficientemente poderosas, sempre acabam se impondo por seu próprio peso. Foi isso que aconteceu em muitos casos. Especificamente, isso é verdade com relação ao seu uso na agricultura. Vamos mostrar que, embora o investimento inicial seja relativamente alto, os resultados são excelentes, o que nos faz acreditar que o custo inicial vale a pena.

Como uma prévia, o custo operacional de um drone é, sem dúvida, menor em comparação com os métodos tradicionais. Se o relacionarmos com a quantidade de hectares que precisam ser cobertos, pode-se dizer que ele acaba se autofinanciando. Sem entrar em detalhes sobre os benefícios adicionais dessa tecnologia e evitar riscos humanos, podemos dizer que ela é autofinanciável. Para ser mais preciso, ela possibilita a redução do tempo e das operações.

Com o que devemos nos preocupar ao analisar a tecnologia de drones?

Gostaríamos de deixá-lo com alguns "dicas" em sua memória. Falando em crioulo, como nós uruguaios dizemos, o que eu preciso saber e comparar para dizer com firmeza, meu dinheiro está nessa opção.

  • Custo do investimento inicial? 
  • Quanto tempo (minutos) dura uma bateria em um voo normal?
  • Quantos hectares uma bateria cobre?
  • Quantos ciclos de carga tem uma bateria?
  • Quanto custa uma bateria extra?

Levantamos algumas questões que consideramos fundamentais para começar a analisar o mercado de marcas, modelos, características e custos. Também com o objetivo de poder fazer as comparações necessárias com os métodos tradicionais.

Nós nos encontraremos novamente em breve. Enviamos a você nossas saudações mais calorosas e "semelhantes a drones".

Eduardo Calandria
Eduardo Calandria
Colunista especializado em tecnologia de drones. Operador de voo de drone certificado (DINACIA). Professor responsável pela Carreira de Tecnólogo em Informática (UTEC).

Mais artigos do autor

O uso de drones na agricultura é benéfico?

A relação custo-benefício entre um drone e uma aeronave de campo pode variar dependendo de vários fatores....

O que sabemos sobre o NDVI?

Frequentemente ouvimos falar de seus cálculos e da importância do cuidado com as culturas....

DJI: marca de referência com soluções tecnológicas confiáveis para o campo

Nesta ocasião, fazemos uma referência inicial à DJI, uma das marcas mais importantes e conhecidas do mercado...

Aeronaves não tripuladas, suas diversas variantes e aplicações

Toda história tem um começo e, como toda grande tecnologia, ela tem suas raízes nas grandes potências...

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

Anúncio
Anúncio

Publicações recentes

O avanço das biossoluções agrícolas

Nos últimos anos, a agricultura no continente americano passou por uma transformação significativa graças ao avanço das chamadas "biossoluções". Estamos nos referindo às crescentes...

SIAL Canadá: epicentro de alimentos para inovação e negócios

Montreal, Quebec, Canadá. O Palais des Congrès de Montréal está prestes a sediar um dos eventos mais importantes do mundo agroalimentar: a...

O Censo Geral Agrícola retoma suas atividades

O Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP), por meio do Departamento de Estatísticas Agrícolas (DIEA) e em colaboração com o Instituto Nacional de...

Portal Agroalimentario é uma mídia digital interativa e multiplataforma. É uma iniciativa privada inovadora de cooperação binacional e desenvolvimento tecnológico entre o Canadá e o Uruguai.

Vida rural e natureza

Parque da Batata: a joia do agroturismo no Peru

O agroturismo consiste em viagens recreativas para um ambiente rural, ou seja, visitar e conhecer as atividades de fazendas, vilarejos, propriedades rurais etc. ....

Montserrat de Coronado: um lugar encantado na Costa Rica

Devido à sua biodiversidade, a Costa Rica é um dos países mais visitados para o ecoturismo e o agroturismo. Diz-se que, graças à sua...

O Chile o convida a descobrir uma experiência popular de agroturismo

A rota do vinho O Chile é conhecido internacionalmente por ser um país produtor de vinhos com variedades de uvas de alta qualidade. A rota do vinho...

Mais populares

O avanço das biossoluções agrícolas

Nos últimos anos, a agricultura no continente americano passou por uma transformação significativa graças ao avanço das chamadas "biossoluções". Estamos nos referindo às crescentes...

Agroinfluenciadores: do campo para as redes sociais

Agri-influenciadores Desde 2019 e 2020, a atividade agrícola vem criando um espaço para si mesma no mundo das redes sociais....

Aeronaves não tripuladas, suas diversas variantes e aplicações

Toda história tem um começo e, como toda grande tecnologia, ela tem suas raízes nas grandes potências mundiais. E, geralmente, o emprego militar é...

Seções

© 2024 Portal Agroalimentario - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade | Ideia original e desenvolvimento: NCS-Americas Inc.